Ação de resposta à pandemia de Covid-19 também acontece em Maceió

A iniciativa desenvolvida pela Asserte, UNICEF e parceiros locais para intensificar a atuação nos municípios do Semiárido brasileiro - como resposta à pandemia de Covid-19 - também acontecerá em algumas capitais que fazem parte da Plataforma dos Centros Urbanos (PCU). Uma primeira reunião para apresentação da proposta foi realizada com representantes da PCU de Maceió, reunindo cerca de 30 profissionais da gestão municipal, entre secretários e equipes técnicas da assistência social, da saúde, conselheiros tutelares e representantes do Conselho Estadual e Municipal de Direitos das Crianças.

Os representantes foram convidados a se engajar nas campanhas de proteção integral de crianças e adolescentes e multiplicar os conteúdos que serão compartilhados nos próximos meses, como cursos, séries educativas e outras ferramentas. O chefe do UNICEF para o Semiárido, Dennis Larsen, que participou do encontro online, reforçou a importância da continuidade da parceria e o foco no suporte para o enfrentamento da pandemia. 

"Precisamos garantir que os serviços essenciais para crianças e adolescentes continuem funcionando e acessíveis à população, além de fortalecer os mecanismos de prevenção e resposta à violência contra crianças", disse, reforçando o importante papel dos Conselhos Tutelares e da Assistência Social para prevenção e encaminhamento dos casos de violência contra meninas e meninos.

As equipes municipais sinalizaram bastante interesse e já estão divulgando os cursos disponíveis de saúde entre profissionais da área: Infâncias em tempos de Covid-19 e o Primeira Infância e Competências Familiares. Na área de proteção, os profissionais também foram convidados a reunir diferentes equipes da assistência social para identificar boas experiências. A proposta é que as boas práticas na proteção de crianças possam ser compartilhadas com outros municípios, fortalecendo as capacidades técnicas e a troca de conhecimento.  

Asserte - A Asserte tornou-se parceira implementadora do Selo UNICEF (Edição 2017-2020) e atua, diretamente, em cinco estados nordestinos (AL, PB, PE, PI, RN). Especialistas em políticas públicas e assistentes de projetos acompanham os ciclos de formação do programa e prestam suporte contínuo aos municípios inscritos na iniciativa, visando o fortalecimento das equipes técnicas locais.

Selo UNICEF - O Selo UNICEF é uma estratégia do UNICEF para fortalecer as políticas públicas e reduzir as desigualdades que afetam a vida de crianças e adolescentes em municípios brasileiros da Amazônia e do Semiárido. A Edição 2017-2020 conta com a participação de 1.924 municípios de 18 estados brasileiros, que assumiram junto ao UNICEF o compromisso de priorizar e garantir os direitos de meninas e meninos previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Nesse período, os gestores e técnicos municipais tiveram acesso a formações, conteúdos e outras ferramentas que buscam contribuir e acelerar a realização dessas responsabilidades. Mais informações sobre o Selo UNICEF: www.selounicef.org.br

Sobre o UNICEF - O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove os direitos e o bem-estar de cada criança em tudo o que faz. Com seus parceiros, trabalha em 190 países e territórios para transformar esse compromisso em ações concretas que beneficiem todas as crianças, em qualquer parte do mundo, concentrando especialmente seus esforços para chegar às crianças mais vulneráveis e excluídas. Visite www.unicef.org.br.